À flor da pele (do asfalto)

Por:Rubens Cano de Medeiros Por mais indiferente uma pessoa com o cotidiano, quero crer que fique curiosa, quando não até mesmo intrigada: que será aquilo sob o asfalto? Deve causar alguma estranheza em alguém que passe pelas ruas Tiquatira, Guararema e Ibirarema. Seja morador do lugar ou mero transeunte. Principalmente se jovem, pois se contemporâneo … Ler mais…

Mesmos trilhos

Relato muito superficialmente de memória paulistana. Alguma lembrança, de bondes. Algo mais paulistano que os bondes? Como sabemos, a João Mendes é de raízes judiciárias. Pois lá, um de frente para o outro: Palácio da Justiça e Fórum. Dois belos, históricos e imponentes prediões, marcantes da arquitetura paulistana. Com a gigantesca Catedral, logo ao lado, … Ler mais…

“Oásis ou A placa e as garças”

POR DETRÁS DO GRADIL DE FERRO, desbotando de cinza por conta da intempérie, há uma placa. De ferro, latão ou bronze? Afixada num grande pedestal branco, de cimento. Toda orgulhosa — pois bem conservada — pintada de fundo preto e ostentando uma inscrição. Digamos, em alto relevo: letrinhas maiúsculas pintadas de branco. A placa — … Ler mais…