Canal Reload lança clipe com a rapper pernambucana Lívia Cruz no Dia Internacional da Mulher

Canal Reload lança clipe com a rapper pernambucana Lívia Cruz no Dia Internacional da Mulher

Embalado pelas batidas do rap, o clipe da série #Lyricvídeo, do Canal Reload, retrata com sensibilidade a saga de uma adolescente negra e filha de empregada doméstica que, grávida após um estupro, teve o direito negado em uma sentença judicial embasada no suposto “direito do nascituro”.

Canal Reload lança clipe com rapper pernambucana Lívia Cruz inspirado em caso real de aborto legal negado 

No dia 08 de março de 2022 (terça-feira), dia em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, o Canal Reload (@canalreload) lança um vídeo especial refletindo sobre os direitos das mulheres sobre seus próprios corpos. Acesse o link e assista “O desamparo de Gabriela”: https://youtu.be/4D3Y7tYpdlY

Ao som de hip-hop, em uma composição e performance exclusiva da rapper pernambucana Lívia Cruz (@liviacruzh2) para o Canal Reload, o vídeo musical conta a saga de uma adolescente de 14 (quatorze) anos que, após ser vítima de abuso sexual, além de não receber tratamento ou acolhimento adequados, foi perseguida por assistentes sociais, teve o aborto legal negado pela Justiça e precisou recorrer ao Ministério Público para acessar seus direitos.

“Gabriela tem uma história que se conecta com a maioria de nós mulheres, que sofrem violações cotidianas dos nossos corpos e direitos e seguimos, tentando maneiras de buscar justiça e reparação, em uma estrutura que falha em assegurar nossa dignidade, mas muito eficiente como forma de controle e de opressão. Na minha opinião, estamos muito distantes de sair desses ciclos, mas tomar consciência deles é um passo importante e, nessa perspectiva, a música, o Hip-Hop, sempre foram uma ferramenta essencial de libertação”, comenta Lívia Cruz

Baseado em fatos reais, o clipe “O desamparo de Gabriela” foi criado a partir de uma reportagem da agência de jornalismo Agência Pública, que investigou a fundo o caso da adolescente que precisou viajar às escondidas durante sete horas, partindo de sua cidade natal até a capital Belo Horizonte, para ter acesso ao aborto legal. Apesar do aborto seguro e legal ser direito das mulheres brasileiras em casos de estupro desde 1940, a adolescente teve o direito negado em uma sentença judicial.

De acordo com fontes ouvidas pela reportagem, semanas antes, a juíza que havia analisado o caso também teria compartilhado informações sigilosas em um grupo de WhatsApp, revelando a sentença que negava o direito ao aborto para a adolescente. 

A notícia acabou se espalhando pela cidade, o que fez com que profissionais da assistência social do município fossem diversas vezes até a casa da vítima, pressionando-a para que realizasse o pré-natal.

Segundo a Norma Técnica do Ministério da Saúde que trata do atendimento em casos de violência sexual, as vítimas devem ser acolhidas na unidade de saúde imediatamente, realizando exames e recebendo os medicamentos recomendados para evitar uma possível gravidez, a contaminação pelo HIV e infecções sexualmente transmissíveis, o que não aconteceu no caso relatado. 

O vídeo “O desamparo de Gabriela” faz parte da série #Lyricvídeo do Canal Reload, que transforma reportagens selecionadas entre dez organizações disruptivas no jornalismo digital, em clipes musicais. Um conteúdo com linguagem ágil e moderna, que se conecta diretamente com o público jovem.

No ar desde setembro de 2020, o Canal Reload é um projeto voltado para jovens que abusa da criatividade para descomplicar temas complexos como a educação e o combate à evasão escolar, as pautas e a luta LGBTQIA+, o combate a violência de gênero, o racismo estrutural, a preservação do meio ambiente, a resistência dos povos originários do Brasil, entre outros. 

Espalhando conteúdos de qualidade em diferentes formatos, como histórias em quadrinhos, músicas e poesias, o Canal Reload busca tornar a informação mais acessível e atrativa ao público jovem, além de dar dicas sobre como identificar as tão faladas fake news, evitando assim a disseminação de informações falsas.

Valorizando o protagonismo jovem desde a sua concepção, o time de apresentadores, que também participa da construção dos conteúdos, é plural, sendo composto por pessoas negras, LGBTQIA+, indígenas, além de transitar por diferentes sotaques.

O Reload é um canal de notícias para jovens que produz conteúdo a partir das reportagens e checagens de 10 organizações jornalísticas: Agência Lupa, Agência Pública, Amazônia Real, Congresso em Foco, Énois, Marco Zero Conteúdo, O Eco, Ponte Jornalismo, Projeto #Colabora e Repórter Brasil.  Juntas, elas têm mais de 100 prêmios nacionais e internacionais, como o Prêmio Gabriel García Márquez, Prêmio Rei da Espanha e um Leão de Bronze do Festival de Cannes

O projeto foi uma das iniciativas ganhadoras do Google News Innovation Challenge em 2019, projeto do Google News Initiative, e contou também com apoio da Fundação Ford no Brasil. Em 2022, o projeto foi selecionado para o YouTube’s Sustainability Lab, que tem o objetivo de apoiar organizações de notícias a desenvolverem modelos de negócios sustentáveis em vídeo na plataforma.

Mais informações em @canalreload no Instagram, TikTok, Twitter e também no Youtube.

SERVIÇO: #Lyricvideo “O desamparo de Gabriela”

Vídeo-Clipe disponível em: https://youtu.be/4D3Y7tYpdlY

FICHA TÉCNICA: Composição e Performance: Lívia Cruz | Produção Musical: Hadee | Ilustrações: Gabriela Gollich | Animação: Vitor Assan | Direção: Hugo Cuccurullo 

Acesse a matéria completa da Agência Pública em: https://apublica.org/2021/09/juiza-nega-aborto-legal-para-menina-vitima-de-estupro-e-teria-exposto-sentenca-no-whatsapp/

Assista outros #Lyricvideos do Canal Reload em: www.youtube.com/playlist?list=PLr8rIgIWn3hpTAAia-pdJcaZTeG1NJN7j


Assessoria de Imprensa: Luciana Gandelini – luciana.gandelini@gmail.com – (11) 99568-8773