Núcleo Atômico estreia websérie infantojuvenil “Parafusos” no canal do Centro Cultural São Paulo

Núcleo Atômico estreia websérie infantojuvenil “Parafusos” no canal do Centro Cultural São Paulo

Websérie reflete sobre como problemas ambientais que afetam o planeta aumentam a insegurança e a ansiedade de crianças e jovens, e aborda caminhos possíveis para a Humanidade, como o fortalecimento da Ciência e dos saberes ancestrais 

“Parafusos” busca inspirar crianças a descobrir caminhos de conexão com o Planeta para preservá-lo  

De 25 de novembro a 05 de dezembro de 2021, o Núcleo Atômico realiza a temporada de estreia de “Parafusos”, uma websérie infantojuvenil de quatro capítulos que será exibida no canal do Youtube do Centro Cultural São Paulo (www.youtube.com/CentroCulturalSaoPauloCCSP)

Com novos episódios a cada dia, as transmissões serão realizadas de quinta a domingo, com sessões às 15:00 e 19:00. E aos domingos, às 18:00, é possível assistir todos os capítulos da semana.

Em “Parafusos” um pedaço de lixo espacial cai no riozinho do bairro e desperta a curiosidade de Abeni, uma garotinha imaginativa que vai tentar descobrir porque o planeta está se desmontando. 

Nessa saga, a garotinha se depara com a história de Nia, a dona de um sebo, que desde criança ama aprender e ensinar, chegando a alfabetizar a própria mãe. Formada professora, Nia se depara com um grande desafio que a amedronta dentro da escola: o Monstro de Giz.

Narrativas que se misturam com a de Jorge, pai de Abeni e um grande contador de histórias, que deixou o Pará junto com a família para se aventurar e seguir os caminhos dos rios até encontrar o mar. Desaguando em São Paulo, ele aprendeu um ofício e agora precisa lidar com as questões de seu irmão  Quim, que abriu um buraco no quintal para viver afastado das outras pessoas. 

Personagens de gerações diferentes que têm em comum a ludicidade da infância, o olhar de descoberta vivo no coração e uma forte ligação com o Planeta. Narrativas ligadas de alguma forma à natureza, que se encontram como se fossem rios e, ao se tocar, seguem em comunhão rumo ao mar.

Em “Parafusos” o Núcleo Atômico reflete sobre temas relacionados à eco-ansiedade, que é quando as pessoas se sentem inseguras com relação ao futuro do planeta. Um misto de sensações como ansiedade e angústia, que são causadas por questões climáticas e que vem atingindo pessoas em todo mundo, principalmente crianças e jovens, gerando impactos psicológicos significativos.

“Os povos originários acreditam que nós somos o planeta. Portanto, se o planeta não está bem, nós também não estamos”, comenta o Núcleo. 

Pensando em possibilidades de resolução dessa problemática e o projeto questiona, por exemplo, sobre o espaço da Ciência em nossa vida, principalmente das mulheres, e também sobre a importância de inspirar as crianças, acima de tudo as periféricas, a acreditar que ser cientista pode ser possível independente de gênero, raça, etnia ou classe social. 

“Que espaços têm uma criança periférica para experimentar ciências? A série é um convite para que as crianças se aventurem em seus próprios questionamentos. Pensar se a Terra é um organismo vivo, se a água que corre na Amazônia é a mesma que corre em São Paulo, se perguntar onde estão os rios de São Paulo e até se a tecnologia é a mesma coisa que ciência. Queremos inspirar as crianças a manterem esse olhar curioso na vida adulta e assim, seguir em descobertas que podem mudar o mundo”, finaliza o Núcleo Atômico. 

Núcleo Atômico foi criado em 2017 por artistas que se reuniram para atuar na intersecção de diferentes linguagens e na arte-educação. Desde a sua criação o grupo já foi premiado com o edital Territórios de Cultura, da Secretaria de Cultura de Santo André, realizou apresentações em parceria com a Casa do Povo, SESC Bom Retiro, EMIA Aron Feldman, Festival Bike Arte Gira, entre outros.

Desde o início da pandemia atua com o projeto ARte pARa ter AR, que inclui oficina de escrita criativa, compartilhamento de poemas de autoras contemporâneas e leituras coletivas de peças de teatro. E em 2021, realizou “Disseram que eu (não) podia”, uma série de narrativas orais sobre mulheres do mundo que mudaram a história.

Agora o grupo se prepara para lançar o projeto “Parafusos” uma peça-filme infantojuvenil que será transmitida para o público em formato de websérie em parceria com o Centro Cultural São Paulo

As ações fazem parte do projeto “Parafusos” contemplado no edital PROAC Expresso Lei Aldir Blanc  52/2021 – Histórico de direção pela atuação de Tadeu Renato.

Mais informações: www.facebook.com/nucleoatomicoarte e www.instagram.com/nucleo.atomico

FICHA TÉCNICA

Elenco: Beth Castro, Cleydson Catarina, Kenan Bernardes, Fe_menino, Marina Esteves, Thais Dias e  Valéria Rocha | Texto: Cristina Santos e Tadeu Renato | Direção, Concepção e Produção Geral do Projeto: Tadeu Renato | Direção Cênica: Valéria Rocha | Direção Audiovisual e animações Marcos Sassá | Composição/ Sound Designer/ Mixagem e Finalização: Master San & Ronald Galdino “Mobile Audio Pro” | Cenografia: Lívia Loureiro | Criação de Luz: Fe _menino | Som Direto: Júlia Ávila | Figurino: Thaís Dias | Brincante e Máscaras: Cleydson Catarina | Orientadora da Pesquisa em Culturas Tradicionais: Audrey Bessa | Assessoria de Imprensa: Luciana Gandelini | Designer Gráfico: Murilo Thaveira | Produção: Núcleo Atômico | Produtora Associada: Shotfilmes 

SERVIÇO: Websérie “Parafusos”

Com Núcleo Atômico

Sinopse: Três narrativas se encontram e se cruzam: a menina Abeni que busca entender o que está acontecendo com ela e com o planeta, que estão desmontando; Nia, a dona do sebo e ex-professora que deixou a escola em razão de um grande medo; e Jorge, um grande contador de histórias que precisa entender o que está acontecendo com o irmão , que vive em um buraco. Três rios de histórias que se tocam e se trocam, trajetórias que se apertam e se afrouxam na fluência da vida. 

Duração: 15 minutos

Quando: 25 de novembro a 05 de dezembro de 2021

Horário: quinta-feira a domingo, às 15:00 e 19:00. Domingos, às 18:00, todos os capítulos da semana.

Onde assistir: Youtube do Centro Cultural São Paulo

Link: www.youtube.com/CentroCulturalSaoPauloCCSP

Classificação Livre – Gratuito

Assessoria de Imprensa: Luciana Gandelini – Cel (11) 99568-8773 – lucigandelini@gmail.com