Intervenções surpresa com grupo circense de pernaltas agitam o Bairro do Bixiga nos próximos dias

Em seu novo projeto, a Trupe Baião de 2 investiga as origens do Bairro do Bixiga e convida a população a conhecer a história do Vale do Saracura, um dos rios mais importantes da cidade e que hoje encontra-se escondido, sepultado sob a Avenida 9 de Julho.

Trupe Baião de 2 lança desafio virtual convidando a população a participar do Caminho da Saracura 

Se você mora na região do Bixiga, em São Paulo, preste atenção ao seu redor nos próximos dias e você poderá se surpreender com ações artísticas da Trupe Baião de 2 em espaços emblemáticos do bairro.

Respeitando o distanciamento social e todos os protocolos de segurança, de 22 à 29 de agosto de 2021, o grupo circense de pernaltas (pessoas que andam na perna de pau) formado no Bairro do Bixiga, realizará intervenções urbanas surpresa, com execução de cenas, acrobacias, danças e interações com o espaço e com o público, que poderá apreciar à distância. 

Com essa iniciativa o grupo lança um desafio divertido, convidando a população a gravar vídeos das intervenções urbanas e postar nas redes sociais usando a hashtag #caminhodasaracura ou as redes sociais do grupo @trupebaiaode2

“Essa brincadeira virtual busca direcionar o olhar das pessoas do bairro para os significados, a história e as características deste território de forma poética, alegre, plural e em cima do nosso palco andante: as pernas de pau. Uma forma de expandirmos para a população a oportunidade de compartilhar seus olhares sobre o Bixiga e despertar a curiosidade para a história do bairro”, comenta a trupe.  

O projeto visa fazer com que as pessoas encontrem um momento distinto em seu trajeto cotidiano, reduzindo a velocidade, de modo a enxergar a cidade e o seu próprio bairro por novas perspectivas.

A Trupe Baião de 2 convida a população para conhecer ou relembrar a história do bairro e do Vale do Saracura, um dos rios mais importantes da cidade, que acabou sendo escondido, abaixo da Avenida 9 de Julho, quando a cidade se transformou com o processo de urbanização.

“Usaremos a poesia para trazer atravessamentos de ordem ambiental e social, onde tornar invisível um rio, torna também invisível a contação da história de um povo”, explica a Trupe.

Apesar de reconhecido pela predominância de imigrantes italianos, o Bairro do Bixiga possui uma identidade própria muito relevante e pouco conhecida pelas pessoas que ali vivem. Além de ter sido uma grande trilha indígena, ali foi construído o primeiro quilombo urbano da cidade, no entorno do Vale do Saracura, rio que foi tamponado (obstruído com tampão) se tornando invisível para a cidade.

“Assim como o apagamento da memória dos povos originários, a violenta arquitetura aqui consolidada levou também ao apagamento dos rios. Queremos chamar atenção para que essa história possa ser transposta para locais diferentes que sejam semelhantes. Histórias de diversos povos”, explica o grupo. 

Explorando este território, o cortejo será iniciado em frente à sede da Escola de Samba Vai-Vai, seguirá pelas ruas Dr. Lourenço Granato, Alameda Marques de Leão, Conselheiro Carrão, Santo Antônio e finalizado na escadaria da Rua Almirante Marques de Leão, transitando simbolicamente como um rio.

As cenas buscarão construir uma narrativa de alguma lembrança destes territórios, como se cada pernalta fosse o próprio rio Saracura materializado na superfície, entrando em contato com esse chão e tudo o que ele viu se passar ali.

Os artistas em pernas de pau, farão uso de elementos acrobáticos, teatro físico, música e comicidade para propor ao público um novo olhar à paisagem, convidando-os a ver o passado, refletir sobre o presente e prospectar um futuro possível.

Durante as intervenções, a Trupe Baião de 2 realizará as gravações de seu novo projeto “Caminho da Saracura”, que dará origem a um espetáculo de mesmo nome, que será transmitido virtualmente, trazendo a reflexão sobre o patrimônio cultural e natural do bairro, mas também tratando da questão do descuido com os rios, uma realidade global nos países banhados pelo Oceano Atlântico.

O projeto faz referência também ao pássaro Saracura, ave de pernas longas e finas, tão abundante naquela região por volta de 1920, que tornou-se o nome do rio. 

“O espetáculo traz a temática das águas, enxergando cada um de nós como uma nascente, já que podemos nutrir, habitar e preencher as lacunas existentes no mundo. Podemos ser mansos e violentos como a água que bate e fura, mas também acolhe. Água que une todos os continentes”, diz o grupo.  

Caminho da Saracura é um projeto que vem sendo realizado desde janeiro com oficinas, preparação vocal, treinamentos corporais, com a proposta de uma intensa pesquisa sobre as origens do bairro.

A Trupe Baião de 2 nasce no bairro do Bixiga buscando dar visibilidade às culturas que não são chanceladas pelo poder público, levando aos espetáculos referências da memória e cultura popular. Nesse bairro, o grupo realiza constantemente oficinas de perna de pau em espaços públicos.

As ações fazem parte do projeto Caminho da Saracura, contemplado no edital PROAC  Expresso Lei Aldir Blanc nº 49/2020, Premiação Circo No Estado de São Paulo

Mais informações em: www.facebook.com/TrupeBaiaoDe2

www.instagram.com/caminhodasaracura / www.instagram.com/trupebaiaode2

FICHA TÉCNICA

Intérprete Criadores – Aipim, Alex Bingó, Guilherme Awazu, Karen Nashiro, Lemon Yce e Rachel Monteiro | Direção Geral – Mafalda Pequenino | Preparação Acrobática – Rubia Neiva | Figurinos – Juliana Bertoline | Direção Musical e Trilha Sonora – Ivan Alves | Assessoria de Imprensa: Luciana Gandelini | Assistente de Produção: Jeronimo Ali | Produção Executiva: Gisele Tressi | Realização: Trupe Baião de 2 

SERVIÇO: Intervenções urbanas “Caminho da Saracura” com Trupe Baião de 2 

Quando: 22 de agosto de 2021 (domingo) – manhã e tarde

28 de agosto de 2021 (sábado) – manhã e tarde

29 de agosto de 2021 (domingo)  – manhã e tarde

Grátis – Classificação Livre

Assessoria de Imprensa: Luciana Gandelini – Cel (11) 99568-8773 – lucigandelini@gmail.com