Corpórea Companhia de Corpos seleciona artistas para acompanharem processo criativo de novo espetáculo

Corpórea Companhia de Corpos seleciona artistas para acompanharem processo criativo de novo espetáculo

Serão disponibilizadas duas vagas para artistas que tenham envolvimento com o atual panorama da cena contemporânea de São Paulo, que receberão um valor mensal de R$ 1.200,00 e um certificado de conclusão, para acompanharem o processo de criação do novo espetáculo da Companhia.

Corpórea Companhia de Corpos seleciona artistas para acompanharem criação de novo espetáculo com participação remunerada

De 12 a 22 de julho de 2021, estão abertas as inscrições para participar do processo seletivo promovido pela Corpórea Companhia de Corpos, que está buscando artistas para acompanhar a criação de seu novo espetáculo, com estreia prevista para o final de 2021. 

O objetivo é selecionar artistas que se interessem em dialogar com a pesquisa intitulada “Fomentar Trajetórias: Movimentos Femininos em Recintos Femil(s)”, projeto da Corpórea Companhia de Corpos contemplado na 29ª edição do Programa Municipal de Fomento à Dança para a Cidade de São Paulo.

O “Chamamento 02 – Intérpretes e Artistas-estudantes residentes para acompanhamento de projeto” irá selecionar duas pessoas que receberão um valor de R$ 1.200,00 (hum mil e duzentos reais) por mês, para participar de uma residência que possibilitará o encontro com a rotina da Companhia, compreendendo os modos de produção e ensaios, além de participar do aprofundamento da pesquisa do grupo, da descentralização de diálogos e das ações pela cidade de São Paulo, na busca por fomentar trajetórias periféricas. 

Podem participar do processo seletivo intérpretes/artistas em processo de estudos e/ou profissionalização, que comprovem residência na cidade de São Paulo – SP e matrícula (no mínimo há dois anos) em um curso de formação contínua (livre, técnico ou graduação) nas áreas de Dança, Teatro ou Artes Cênicas, sendo vetada a participação de pessoas funcionárias públicas da cidade de São Paulo-SP. 

Serão critérios para esta seleção a trajetória e experiências artísticas informadas no ato da inscrição, assim como as informações contidas no breve vídeo de interesse solicitado. Também terão preferência nos critérios desta seleção pessoas autodeclaradas pretas, pardas, indígenas e transgêneras.

O acompanhamento das ações do projeto acontecerá  de agosto à novembro de 2021, com dois encontros virtuais por semana (às terças e quintas-feiras), de 14:00 às 18:00. Por isso, para se inscrever é necessário ter acesso à internet e um local adequado para participar dos encontros. 

A Corpórea Companhia de Corpos tem como objetivo evidenciar corpos negros em ações cotidianas. Neste processo de historicizar os corpos de artistas a partir da trajetória de outros corpos, a companhia sente necessidade de contextualizar as próprias referências estéticas, poéticas e políticas entrelaçadas nos corpos de forma emergente e indispensável. 

Partindo de questões e reflexões sociais que desempenham o papel do corpo negro na cena, a Companhia estabelece a preposição de uma pesquisa que objetiva não somente criar, mas, também resgatar suas ações, produções, memórias, e trajetórias no percurso de suas contemporaneidades na cena.

“Os milhares de atravessamentos aos quais os corpos pretos são forçados a carregar, levam a um lugar de levante e empoderamento da ancestralidade do nosso povo. Com essa residência queremos aprofundar a pesquisa sobre pretitude e fomentar trajetórias periféricas a partir desse contexto. O conjunto destas experiências e ações constituirão a base da nova pesquisa artística da companhia para a criação de um novo espetáculo”, comenta Verônica Santos, diretora geral do novo projeto da Corpórea.

Com uma trajetória significativa no campo da pesquisa, criação, pensamento e difusão da dança, a Corpórea Companhia de Corpos, desde sua criação em 2015, vem aprofundando sua pesquisa no cotidiano através do corpo feminino, pensando o protagonismo da sua existência como atravessamento dos tempos no mundo atual.

Com o espetáculo “Rés”, que estreou em 2017, a companhia denunciou a realidade de corpos femininos em situação de cárcere . A montagem recebeu uma indicação ao Prêmio APCA na categoria “Não estreia”, em 2019. A pesquisa deste trabalho rendeu ainda a contemplação no Edital Rumos 2017/2018 do Itaú Cultural, com o projeto: Ocupação Rés – mulheres em Cárcere.

“Oferecer ferramentas para um diálogo horizontal, seja no palco ou fora dele, para quebrar o lugar secundarizado no qual a mulher preta é colocada em diferentes espaços”, finaliza o grupo.

Mais informações em www.corporeacompanhiadecorpos.com e @corporeacompanhiadecorpos

SERVIÇO

Chamamento 02 – Intérpretes e Artistas-estudantes residentes para acompanhamento de projeto da Corpórea Companhia de Corpos

Período de inscrições: de 12 de julho de 2021 até às 23h59 do dia 22 de julho de 2021

A quem se destina: intérpretes/artistas em processo de estudos e/ou profissionalização, que comprovem residência na cidade de São Paulo – SP

Período de Realização Residência: de agosto a novembro de 2021, com dois encontros semanais – às terças e quintas-feiras), de 14:00 às 18:00.

Inscrição: Grátis

Valor mensal de Bolsa: R$ 1200,00

Chamamento completo, mais informações e formulário para Inscrição pelo site: https://www.corporeacompanhiadecorpos.com/chamamentos

Divulgação do resultado da seleção:  25 de julho de 2021, no site www.corporeacompanhiadecorpos.com/chamamentos e nas redes sociais de Facebook e Instagram da Companhia. 

Assessoria de Imprensa: Luciana Gandelini – Cel (11) 99568-8773 – lucigandelini@gmail.com