NATAL

Por: Nelli Celia

            -“ Então é Natal, e o que você fez? Um ano termina e nasce outra vez”. Assim diz a música conhecida por todos nós.  Realmente é o tempo para a reflexão, ocupa as nossas mentes como se fosse uma prestação de contas que devemos à Vida, e nela entra principalmente ao pergunta importante: o que fizemos a nosso semelhante, uma vez que nesta data o que mais nos preocupa é o que vamos dar ao nosso próximo, que são: pais, filhos, netos parentes e amigos, mas, e aqueles que também fazem parte de nossas vidas, comos quais nos encontramos quase todos os dias, os que trabalham nos hospitais, no comércio, nas escolas, na limpeza pública e outras tantas atividades que diariamente fazemos uso  contínuo, sem falar das entidades beneficentes a que atendem,como orfanato, asilo e demais serviços destinados aos necessitados, que não têm renda suficiente para sobreviver.

            -“ Papai Noel, vê se você tem, a felicidade para você me dar…”.Uma boneca, um carrinho, trarão alegrias incalculáveis para tantas crianças; mas também podemos ser generososusando as nossas tardes ou algumas delas,ao visitar, alguns destes lugares, levando o nosso canto e  assim também  algum instrumento com as músicas natalinas, com certeza a noite quando chegar para esses pequenos será realmente,  uma “ Noite Feliz”, e os anjos cantarão  nas alturas: “- Dorme em Paz oh Jesus, dorme em Paz oh Jesus”.

            Viram que não é preciso gastos abundantes,basta somente ter a, boa vontade em levar um pouco de alegria a outros lugares, porém não esquecer nunca da responsabilidade e do amor, para com os do seu lar, que deverá estar coberto de Bençãos de Natal e de ensinamentos cristãos.

            Seja onde estivermos,

            O Natal estará presente

            Sob o sol escaldante ou sob o frio constante.

            Sob a dor ou sob as alegrias,

            Sobre a neve ou sobre a areia

            Será Natal, todos os dias.

            Estejamos nós, onde estivermos,

            Nas grandes ou pequenas cidades

            Aqui nos trópicos

            Ou em lugares longínquos

                       -0-

            A cidade era no meio das montanhas

            A neve cobria todo o vale.

            A paz era sentida no branco das neves.

                        Todavia os corações, acalorados,

                        Com as bênçãos de Jesus

Estavam repletos

DePaz, harmonia e luz!