06.09.18

MUSEU INDEPENDENTE

O que aconteceu do o Museu Carioca comprova que o problema principal é a falta de recursos financeiros para garantir a sua segurança. A verba que a Universidade Federal do Rio de Janeiro recebe dá para pagamento dos salários dos funcionários. É o mesmo que acontece com a USP – Universidade de São Paulo – e que tem ficada anualmente no negativo em aproximadamente em 500 mil reais. O mesmo acontece com o Museu do Ipiranga que recebe uma verba insatisfatória para manter e conservar o prédio. Em resumo, o Museu do Ipiranga está mal de pintura, parte do reboco caindo, fiação elétrica antiga, parte hidráulica mais antiga ainda, condutores de água de chuva entupidos e que fazem as águas infiltrarem nas paredes e etc. Fechado e esperando chegar os 200 anos da Independência, sem saber quem bancará a promissora reforma, para ser reaberto.

INDEPENDÊNCIA DO MUSEU-  Face à situação financeira crítica da USP, que é a mantenedora do Museu do Ipiranga, a comunidade do Ipiranga chegou a conclusão que o Museu do Ipiranga precisa e deve ser gerido por uma Fundação. Em 2017, uma comissão de ipiranguista esteve reunida com a Sra. Luzia do Magazine Luzia, pois a mesma presidente uma enorme organização de pessoa de recursos - Mulheres do Brasil – e que propuseram colaborar na reforma do Museu do Ipiranga. O encontro que se teve com a Sra. Luzia foi para propor a constituição de uma fundação para salvar o Museu do Ipiranga. Tudo ficou em estudos. E, também pelo fato de em outubro/18 será eleito o novo Governador de São Paulo e será com ele que a Comunidade do Ipiranga fará gestões para que o nosso Museu tenha novo rumo... Até lá rezamos para que o Museu do Ipiranga tenha o destino que merece.   

AINDA MUSEU – Acerca de uns 15 anos, na gestão do Diretor Sebastião Witter houve uma reforma e está totalmente documentada em um livro, que pode ser encontrado na Biblioteca Municipal Mário de Andrade, de São Paulo, com todos os detalhes. É claro que de lá para cá, com o problema da USP estar no vermelho, nenhuma conservação ou manutenção fora feita e o Museu do Ipiranga foi “padecendo” e chegando ao que chegou.

FESTEJOS DO IPIRANGA – Setembro, o Ipiranga estará em festa e inúmeros eventos já estão  programados... Eis o que teremos proximamente: no dia 7 de setembro haverá a Corrida Pedestre Troféu da Independência do Brasil pelas ruas do Ipiranga. No mesmo dia a partir das 14,00 horas o “Museu do Ipiranga em Festa” apresentará diversas atrações. No dia 8, às 10,00 horas está programada a Substituição do Pavilhão Nacional no Parque da Independência.

NA PRÓXIMA SEMANA – Os eventos continuam no mês de aniversário dos 436 anos do Ipiranga... No dia 12: Exposição Fotográfica na Escola Estadual Visconde de Itaúna. No dia 13 – Fashion Day, Desfile de Alta Costura, Penteados e Maquiagem. No dia 14 - Noite Solidária do Programa Alegria e Saúde do Hospital Dom Alvarenga – com jantar e show musical no salão nobre do C.A.Ypiranga. No dia 15 – Tarde Beneficente: 90 anos do Instituto Padre Chico.  

HISTORIANDO – Em comemoração aos 196 anos da Independência do Brasil, fato que deveria ser exaustivamente comemorado em especial pelo nosso Bairro, o “Berço da Independência”, vamos mostrar um dos aspectos de nossa história. Falaremos do magnífico quadro existente no Salão Nobre do Museu Paulista do Ipiranga: “O Grito do Ipiranga” de Pedro Américo. Não quero “jogar um balde de água fria” e sim retratar a história. Pedro Américo pintou o quadro uns 60 anos depois da Independência e inspirou-se no quadro de 1807 de Jean-Louis Ernest Meissonier, onde aparece Napoleão em seu cavalo branco. Um e outro quadro tem muita semelhança. Há suspeita de plágio, segundo historiadores. É claro que ficou muito bonito e marcante para nossa história pois os “viajantes” da Independência que acompanhavam Dom Pedro I, montavam, na maioria, mulas. E, o quadro “retrata” belos cavalos... 

REDE IPIRANGA – Surgiu em nossa região um movimento denominado Rede Ipiranga composta por profissionais e instituições dos três setores( público, privado e terceiro setor) e da sociedade civil que atuam na prestação de serviços( sociais, ambientais, de saúde, culturais e de educação) com o objetivo de criar laços e ações em conjunto para benefício da comunidade.

PENSAMENTO – .” A memória é o único paraíso do qual não podemos ser expulsos.“(Jean Paul Richter)

AMIGO DO BAIRRO-  Acompanhe a partir dos sábados e por uma semana,  nossa matéria em www.independenciaoumorte.com.br , o Portal do Ipiranga.

Você está aqui: Home