CENTRO DE PESQUISA DA MÁSCARA

CENTRO DE PESQUISA DA MÁSCARA HISTÓRICO DO GRUPO O CENTRO DE PESQUISA DA MÁSCARA desenvolve desde 2010 um vasto trabalho sobre o ator mascarado. Depois de ter estudado com Donato Sartori, Fabio Mangolini e Antonio Fava na Itália, Fernando Martins voltou ao Brasil e fundou juntamente com Aline Grisa o CPM na cidade de São Paulo. Nos primeiros anos o grupo manteve-se em atividade através do percurso traçado a partir da pesquisa “A TRAJETÓRIA DA MÁSCARA: da tradição à contemporaneidade”, introduzindo elementos da mímica corporal de E. Decroux, além da pantomima clássica, a análise do gesto e movimento, a música como linguagem complementar ao gesto e, evidentemente, o percurso das máscaras (neutra, larvária, expressiva, meia-máscara, commedia dell´arte) como foco do trabalho. Já em 2012 e 2013, foi mantido semanalmente um treinamento aberto, que integrou mais dois componentes ao grupo (Eddy Stefani e Naiara Bastos), além de muitos colaboradores (alunos e artistas renomados) que se reuniram por objetivos comuns: desvendar os mistérios da máscara em cena. Em 2014 o grupo foi contemplado pelo Programa para Valorização de Iniciativas Culturais – VAI II com o projeto ALVORADA que consistiu na criação, montagem e circulação deste espetáculo, realizado com máscaras expressivas e dirigido por Luciana Viacav, que passa a integrar o grupo. O espetáculo teve estreia em circuitos alternativos realizando apresentações nas Escolas Municipais de Educação Bilíngues para Surdos, no Espaço Cultural Tendal da Lapa, no Primeiro Festival de Cidadania Cultural (no Ibirapuera) e no TOP Teatro. Em 2015 a Cia. foi novamente contemplada pelo VAI II com o projeto em comemoração aos CINCO ANOS DO CENTRO DE PESQUISA DA MÁSCARA, realizou uma grande circulação do espetáculo pela periferia, SESC e CEUS da cidade de São Paulo, além da realização de uma exposição de máscaras do seu acervo na Galeria Olido e um treinamento extensivo. Em 2016 além de ministrar cursos, ao longo do segundo semestre a companhia encarou seu maior desafio, com a abertura de sua sede/escola. Contando agora com um novo integrante, o diretor e dramaturgo Felipe de Galisteo, o Centro de Pesquisa da Máscara vem desenvolvendo diversas atividades em seu espaço, localizado na Rua Bamboré, 518, no Bairro Ipiranga e já está programando muito mais com a abertura de inúmeros cursos de teatro para 2017!

Você está aqui: Comércio e Serviços Instituições CENTRO DE PESQUISA DA MÁSCARA