Capela do Cristo Operário

Um dos espaços de arte mais importantes da região do Ipiranga foi restaurado recentemente. Trata-se do conjunto arquitetônico da Capela do Cristo Operário no Ipiranga que possui um acervo de obras de artistas modernistas como Alfredo Volpi, Yolanda Mohalyi, Roberto Burle-Marx, entre outros. Parte das pinturas em mural estava danificada por causa de sujeiras, riscos e infiltrações. Foram necessários dois anos de trabalhos para recuperar o espaço.

A história do local iniciou-se com a doação do terreno pela Baronesa Brasílio Machado à ordem Dominica. Nele foi instalado o Centro Operário do Ipiranga, que posteriormente, com a chegada de Frei João Batista, em 1947, foi transformado no Centro Social do Cristo Operário.

No mesmo local, implantou-se a Unilabor (empresa fabricante de móveis modernos) em conjunto com o designer Geraldo de Barros, além de um grupo de operários, entre eles o serralheiro Antonio Thereza, membro da Juventude Operária Católica.

No dia 14 de janeiro de 2004, o presidente do Condepahaat José Roberto Melhem, assinou a segunda fase do tombamento que incluiu as obras existentes no local de Alfredo Volpi, Yolanda Mohalyi, Geraldo Barros, Giandomenico de Marchis e Roberto Burle Marx. Uma das indicações para o tombamento foi apresentada pelo vereador Domingos Dissei, em 2001.

A Capela do Cristo Operário e suas obras de arte do modernista Alfredo Volpi (1896/1988) e edifícios anexos foram tombadas, em 5 de fevereiro de 2002, pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Condepahaat) e pelo Conpresp em 20 de agosto de 2004.

Atualmente, o conjunto arquitetônico comporta, além da escola Dominicana de Teologia, os escritórios da província dos dominicanos no Brasil e da Capela do Cristo Operário, construída nos anos 50 e que abriga obras de inestimável valor histórico executadas por grandes artistas modernistas.

Obras de arte

O capela compõe-se de um conjunto de sete pinturas murais, cinco vitrais, luminárias, mobiliário e objetos para o culto, além dos jardins na área externa executados a partir de sugestões do renomado paisagista Roberto Burle-Marx.
A obra de decoração do espaço religioso foi executada entre 1950 e 1953. Foi elaborada por um conjunto de artistas brasileiros, ligados ao Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM), entre eles os pintores Alfredo Volpi e Yolanda Mohalyi, além do escultor Bruno Giorgi.

Serviço : A Capela Cristo Operário fica na rua São Daniel, 119 / na rua Vergueiro, 7.290 - Jardim da Saúde. As missas ocorrem aos sábados, às 19 horas, e aos domingos, às 8h30. Vale a pena conferir!

Você está aqui: Comércio e Serviços Pontos Turísticos Capela do Cristo Operário