Parque de Ciência e Tecnologia da USP

O Parque CienTec é uma instituição que oferece entretenimento educativo e de qualidade para crianças, jovens a adultos.

Por meio de seus diferentes passeios, demonstrações e experiências, a ciência e a tecnologia ficam muito mais próximas do visitante, que aprende enquanto se diverte e se diverte enquanto aprende.

Programas educacionais orientados e um ambiente privilegiado e circundado por Mata Atlântica permitem ao Parque CienTec oferecer aos seus visitantes uma alternativa moderna para o aprendizado da ciência, da tecnologia e da cultura humanística em geral.

O CienTec-USP é um órgão vinculado à Pró-Reitoria de Cultura e Extensão da Universidade de São Paulo.

O CienTec-USP é um órgão vinculado à Pró-Reitoria de Cultura e Extensão da Universidade de São Paulo, tendo como objetivo proporcionar para a população a realização de atividades de cultura e lazer da melhor qualidade. Com um aprendizado espontâneo, por meio de programas educacionais orientados, e num ambiente privilegiado e circundado por mata nativa, o Parque oferece uma alternativa moderna para o aprendizado da ciência, da tecnologia e da cultura humanística em geral.

Obs.: As visitas serão realizadas de terças-feiras a sextas-feiras e excepcionalmente nos outros dias da semana.

Os agendamentos devem ser feitos pelo telefone: (11) 5077-6312, com Luciane.

As atividades são divididas nos blocos abaixo, todos com duração aproximada de 3 horas e início às 9h00 e às 14h00.

Atrações Oferecidas:

Alameda do Sistema Solar

Conjunto de esculturas artísticas ilustrativas que representam o Sistema Solar completo, a Lua, a Terra em três períodos geológicos diferentes, estrutura interior do Sol e da Terra.

A Alameda do Sistema Solar tem duração aproximada de 30 minutos. É oferecida aos alunos do ensino fundamental, médio e também ao público em geral.

Exposição de Matemática

A Exposição Interativa de Matemática é um réplica da Exposição Permanente de Matemática da Estação Ciência. São cerca de 100 experimentos, baseados na Exposição Francesa Maths 2000 (Museu Cité des Sciences et I'Industrie La Villette, Paris) e complementados com apoio do Instituto de Matemática e Estatística da USP. Todos os experimentos são interativos, o que convida o visitante a explorar e pensar os fundamentos da matemática, confrontando-os com aspectos do cotidiano e com outras áreas como, por exemplo, estimar a quantidade de votos de uma eleição.

É uma atividade para todas as idades, pois se trata de um conjunto de experimentos em diferentes mesas, sendo que cada mesa tem conteúdos que atendem uma diferente faixa etária ou complexidade.

Mini bacia hidrográfica com vertedouros

Conheça o belíssimo lago do Parque de Ciência e Tecnologia, o qual é abastecido por nascentes do riacho do Ipiranga. O nome "Parque Estadual das Fontes do Ipiranga" é devido às nascentes deste riacho. Nestas margens, foi declarada a Independência do Brasil (o grito de Independência).

Neste local são abordados diversos assuntos: ciclo da água, fauna e flora do parque, histórico da região, a importância da qualidade da água na vida cotidiana entre outros. Esse roteiro abrange a interdisciplinaridade entre várias áreas da ciência, trabalhando a educação ambiental de uma forma diferente, com discussões críticas.

Em breve, teremos novas atividades dentro desta área.

A mini bacia hidrográfica com vertedouros tem duração média de 30 minutos. A atividade é voltada para ensino fundamental, médio e público em geral.

Espaço Geofísica

Será proferida palestra sobre a estrutura interna do nosso Planeta Terra, sua história geológica, sua dinâmica (planeta vivo), o que é a Geofísica, e um breve relato das atividades desenvolvidas pelo geofísico.

• Apresentação de instrumentos (sismógrafos, magnetômetro, eletroresistivímetro, GPS, etc).
• Painéis: como encontrar riquezas no subsolo (água, petróleo e gás natural, jazidos minerais, etc); sismos no Brasil desde 1560.
• Experiências: geofone, prospecção eletromagnética, GPS, magnetização de rochas, etc.
• Programas didáticos com uso do computador.
• Exemplificação do mercado de trabalho para o Geofísico.

O Espaço Geofísica tem duração média de 2 horas. A atividade é voltada para alunos a partir da 5ª série, universitários e público em geral. O limite é de até 40 pessoas por sessão e, quando se tratar de escolas, exige-se a presença de 2 professores ou monitores.

Estação Metereológica

Apresentação de audiovisual no auditório mostrando:

• Meteorologia e seus objetivos;
• Equipamentos e instrumentos usados para observar e medir a atmosfera;
• Formação de nuvens e fenômenos por elas produzidos;
• Tempestades, relâmpagos e trovões, granizo, tornados e furacões.

Visitas ao Cercado Meteorológico (externo) com instrumentos que ali se encontram e à sala de observações (interna), com demais instrumentos.

O limite é de até 40 pessoas e, quando se tratar de escolas, exige-se a presença de 2 professores ou monitores.

Observações:
• Não haverá audiovisual para grupos com menos de 10 pessoas.
• Havendo precipitação (chuva) no dia da visita, o item 2 poderá ser suspenso.

Espaço Astronomia

São abordados os seguintes tópicos:

• Apresentação
• Visita ao telescópio
• Observação do Sol (se as condições atmosféricas permitirem)
• Bate-papo sobre temas astronômicos: origem do universo, sistema solar, estrelas e constelações, etc.

O limite é de até 40 pessoas e, quando se tratar de escolas, exige-se a presença de 2 professores ou monitores.

Laboratório de Óptica - Oficina de fotografia com latas

Oficina em que é mostrado o princípio da fotografia através da câmara de orifício. É apresentada uma breve introdução do processo de formação de imagens na câmara escura e do registro da imagem no papel fotográfico. Após esta apresentação cada aluno poderá tirar uma foto com uma máquina fotográfica construída com lata de tinta e acompanhar o processo de revelação em um laboratório.

O Laboratório de Ótica tem duração aproximada de 2 horas. É voltada para alunos a partir da 5ª série, universitários e interessados em geral.

O manual "Fotografia com Latas" pode ser baixado AQUI. (1,21Mb em PDF, requer Acrobat Reader ou similares)

Laboratório de Óptica - Investigando o ôlho humano

Consiste em uma oficina em que é mostrado o princípio da formação de imagens por refração utilizando experimentos simples que visam o entendimento da formação de imagens pelo olho humano.

Nesta oficina são abordados os seguintes tópicos:
• Breve introdução teórica do processo de formação de imagens por refração;
• Formação de imagens pelo olho humano;
• Os defeitos da visão e como corrigi-los com o auxílio de lentes;
• Funcionamento de determinados instrumentos ópticos;
• Simulação da correção de um olho míope com experimentos práticos.

O Parque

O Parque CienTec foi criado para atender as seguintes propostas:

MISSÃO:

Atuar na difusão da ciência e da tecnologia, de modo a promover o desenvolvimento sócio-econômico do país, instruindo e despertando vocações para aquelas áreas. Ser um centro de excelência para a difusão do conhecimento nas áreas científico-tecnológicas, promovendo seu constante aprimoramento em parceria com centros internacionais, setor privado e o terceiro setor.

OBJETIVOS:

Participar do desenvolvimento sócio-econômico do país, divulgando a ciência e a tecnologia junto à população de forma descontraída, divertida e interessante, visando despertar nos mais jovens a vocação em seus mais variados temas. Desmistificar o fantasma dos conceitos científicos abstratos e de seus simbolismos utilizando uma linguagem simples e exemplos do cotidiano. Promover a conscientização para o respeito pela natureza, em toda sua plenitude, reconquistando os valores esquecidos.

Em 2001, foi criado o Parque de Ciência e Tecnologia da USP, vinculado à Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária, através do decreto GR 3.313 / 12.14.2001, assinado pelo Magnífico Reitor Adolpho José Melfi.

No ano seguinte, após meses de intenso trabalho de recuperação das áreas ajardinadas, manutenção corretiva de instalações, reparos emergenciais nos edifícios, preparo de exibições e criação de uma infraestrutura básica de atendimento ao público, o Parque CienTec fez sua abertura, no dia 7 de Setembro, data comemorativa da Independência Brasileira.

Antes da criação do Parque CienTec, a área abrigou o Instituto Astronômico e Geofísico (IAG) durante aproximadamente 70 anos. Este instituto, por sua vez, teve sua origem no Serviço Meteorológico do Estado de São Paulo, sediado a partir de 1888 na antiga torre no Jardim da Luz, e no Observatório de São Paulo, situado na Avenida Paulista a partir de 1912. O conjunto de edificações históricas surgiu no início da década de 30, em substituição ao edifício da Paulista, para abrigar o Observatório de São Paulo, posteriormente denominado Instituto Astronômico e Geofísico.

As edificações formam um conjunto arquitetônico harmônico cujos componentes, dispostos segundo critérios científicos, a exemplo da orientação, não descaracterizaram o perfil do terreno. As peças gráficas do projeto foram elaboradas pelo próprio diretor da Instituição, o Professor e Engenheiro Alypio Leme de Oliveira. A preservação desses documentos permite constatar a fiel execução do projeto e sua boa conservação ao longo do tempo. Foi desenvolvido segundo uma linguagem "art-deco", tendo o autor se permitido a utilização de colunas com capitel jônico para assinalar os pórticos. Registra-se a presença de algumas manifestações artísticas, como o vitral que compõe a entrada principal e a escultura (de Eugênio Prati) colocada ao centro de uma fonte. Em ambos os casos, evoca-se a musa grega da Astronomia e da Geometria, Urânia.

Você está aqui: Acontece Pontos Turísticos Parque de Ciência e Tecnologia da USP