Dia do Surdocego tem coreografia inclusiva no Ipiranga

Em 29 de novembro a ADEFAV recebeu em sua sede, no Ipiranga, o Grupo Experimental de Dança DiDanDá para uma apresentação em comemoração ao Dia do Surdocego.

O espetáculo contou com várias formas de comunicação para interagir com o público, em sua grande parte crianças deficientes atendidas pela instituição filantrópica. A coreografia foi desenvolvida a partir de esculturas que representam mulheres dançando, produzidas pela aluna surdocega Shirlei Caetano a Oficina de Cerâmica da ADEFAV, e também membro do grupo de dança. As mesmas imagens foram representadas no formato de figura e silhueta impressas em alto relevo para as crianças com deficiência visual terem a experiência táctil. A coreografia teve ainda a tradução em Libras (Língua Brasileira de Sinais) e audiodescrição.

O grupo é coordenado pela coreógrafa Daniella Forchettique reúne desde 2007 pessoas com ou sem deficiência para divulgar a arte inclusiva, através da expressão corporal.

Você está aqui: Acontece Aconteceu Dia do Surdocego tem coreografia inclusiva no Ipiranga